Blog

Publicado em 26/08/2016

Estudo revela preferências dos usuários brasileiros que usam serviços via aplicativos

Estudo revela preferências dos usuários brasileiros que usam serviços via aplicativos

Um estudo inédito produzido pela Associação Brasileira de O2O (ABO2O) em parceria com a empresa espanhola Netquest, traçou o perfil e os hábitos dos brasileiros que utilizam aplicativos de smartphone para solicitar serviços do tipo O2O (online to offline), como táxis, delivery de comida ou reserva de mesas em restaurantes. A análise revela que há pouca fidelidade do consumidor a marcas de apps móveis e forte procura por ofertas e serviços mais eficientes.

O estudo realizou o monitoramento de 2.500 usuários voluntários que permitiram um aplicativo de análise observasse seu hábito de uso de aplicativos de celular por um mês. Os resultados apontaram que 86% eram usuários de smartphone Android e outros 14% de iOS. A análise demonstrou durante 60% do tempo, os usuários fazem suas operações utilizando as redes mobile (3G ou 4G) para navegar. No restante do tempo (40%), eles estão conectados em redes Wi-Fi.

Entre as pessoas que utilizam serviços de O2O, as mulheres são maioria (61%, contra 39% de homens) e são majoritariamente jovens. Cerca de 70% dos usuários de O2O têm menos de 34 anos, o que revela que os “early adopters” de O2O no Brasil são, previsivelmente, jovens, mas há uma boa fatia do mercado para pessoas acima desta idade de renda média e alta que pode aderir aos serviços prestados pelas empresas do setor.

O estudo revela que a maior parte dos entrevistados começou a utilizar serviços de O2O há menos tempo em comparação de mercados mais avançados, como Estados Unidos e China e ainda não há marcas consolidadas. O estudo analisou 12 categorias diferentes de serviços.

Entre os setores onde foi possível identificar uma liderança, está a área de delivery de alimentos, com a plataforma iFood abrindo vantagem significativa sobre os competidores. Na análise, 37% das pessoas que pedem comida por app preferem o iFood. Já no setor de transportes, a 99 Taxis aparece na liderança, mas os usuários entrevistados afirmaram que, em geral, prezam pelo serviço mais eficiente, ou seja, cujo carro demore menos a chegar, e eventualmente podem optar por Uber, Easy Taxi e outros. Quando se trata de transação de produtos, e não serviços, a marca perde ainda mais importância e os entrevistados, majoritariamente, fecham com o player que oferece o menor preço.

De acordo com análise da ABO2O, este mercado se encontra em franca expansão no Brasil, com empresas que apresenta crescimento médio de 30%. Em estudo anterior, feito em 2015, estima-se no País, o setor tem potencial para movimentar R$ 1 trilhão de reais por ano quando atingir seu grau máximo de maturidade.

Leia mais em: http://startupi.com.br/2016/08/estudo-revela-preferencias-dos-usuarios-brasileiros-que-usam-servicos-via-aplicativos/#sthash.sGWE695W.dpuf

Publicado em 23/08/2016

Aniversariante de Agosto

Aniversariante de Agosto

Agosto é o mês da Rafaela completar mais um ano de vida, toda equipe deseja muita saúde, sucesso e felicidades. Grande abraço.

Publicado em 17/08/2016

Reunião NTI

Reunião NTI

Aconteceu na última segunda feira a reunião com o presidente e vice do Núcleo de Profissionais e Gestores de TI da região, com o objetivo de renovação de contrato.

« »